Mercado volta a subir projeção do PIB em 2024 e vê queda na inflação

Mercado volta a subir projeção do PIB em 2024 e vê queda na inflação
Segundo os dados do Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central (BC), a mediana das projeções para o crescimento da economia brasileira avançou de 1,68% para 1,75%

Com informações do Tribuna da Bahia

Pela segunda semana consecutiva, economistas do mercado financeiro elevaram suas expectativas para o crescimento da economia brasileira em 2024 ao projetar uma ligeira queda na inflação. Dados do Boletim Focus, divulgado ontem pelo Banco Central (BC), mostram que a mediana das projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano avançou de uma expansão de 1,68% para 1,75%.

A publicação, que é feita semanalmente às segundas-feiras, foi adiada devido à operação-padrão dos funcionários do BC. Este é o quinto mês consecutivo de atraso nos indicadores. A projeção para o PIB em 2025 continuou em 2,0%, assim como a de 2026, que permaneceu em 2,0%.

A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), por sua vez, passou de 3,82% para 3,80% este ano. No último boletim, o BC havia informado que a projeção estava em 3,81% para 2024, mas o número foi revisado para 3,82% devido a uma “inconsistência” que foi corrigida, segundo a instituição.

Com o dado, a estimativa de inflação de 2024 se mantém abaixo do teto da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3% e é considerada formalmente cumprida se o índice oscilar entre 1,5% e 4,5% neste ano. Para 2025, a previsão para a inflação caiu de 3,52% para 3,51%. A projeção para 2026, por sua vez, permaneceu nos mesmos 3,50%.

Selic e dólar

As projeções para a taxa básica de juros (Selic) não sofreram alterações em todo o horizonte da pesquisa. A estimativa para 2024 ficou nos mesmos 9%, para 2025, se manteve em 8,5%, assim como a projeção para 2026, em 8,5%.

Em relação ao câmbio, as estimativas também permaneceram estáveis em todo o horizonte da pesquisa, com o dólar projetado a R$ 4,93 em 2024, R$ 5,00 em 2025 e R$ 5,04 em 2026.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + sete =