Encontro de Cipistas atualiza informações sobre segurança no trabalho

Na manhã desta quinta-feira (28), o Sindicato dos Comerciários realizou mais um Encontro de Cipistas. O evento aconteceu no Teatro Dias Gomes, localizado na sede da entidade.

“Essa é mais uma ação da nossa entidade para ajudar a categoria a ter melhores condições de trabalho dentro das empresas. O encontro já é uma tradição no comércio, pois a saúde dos trabalhadores é uma preocupação constante da diretoria”, disse o presidente Renato Ezequiel

Para a diretora de Saúde do Sindicato Angélica Romão, realizar eventos como esse ajuda na formação dos trabalhadore e das trabalhadoras. “É importante para sensibilizar e reforçar o conhecimento sobre leis e formas de prevenir acidentes e doenças no trabalho”, pontuou.

E-SOCIAL

Cleiber Lopes, Técnico em Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional tratou de mudanças e obrigatoriedades do SST no E- Social. Teve ainda o Curso de Primeiros Socorros, com simulado e certificado Palestrante, proferido por Rosemberg José dos Santos Junior, Bombeiro Civil Profissional.

Ex-comerciário e, hoje, sócio da Salvador Segmed, Lopes esclareceu que o e-social é uma plataforma online do Governo Federal criada para unificar a entrega das obrigações da área trabalhista para empresas, outras pessoas jurídicas e também para pessoas físicas. “É um avanço tecnológico que guarda e processa informações importantes para a aposentadoria especial, principalmente”, disse.

Segundo o especialista, é essnecial que empresas, cipistas e sindicalistas estejam atualizados com as constantes mudanças nas legislações sobre segurança no trabalho. “Assim, será possível realizar melhor essa missão que é garantir um ambiente laboral seguro para todos”, defendeu, enfatizando a importância de se criar, dentro das empresas, uma cultura de prevenção no ambiente de trabalho.

PRIMEIROS SOCORROS

Antes de começar a demonstrar ações práticas, Rosemberg Júnior destacou o conceito que embasa os primeiros socorros. “Essas primeiras intervenções feitas após alguém sofrer mal súbito ou sofrer algum acidente até que o socorre especializado chegue, também podem ser preventivas”, destacou.

O profissional disse ainda que, antes de tudo, é preciso ter calma. “Não adianta ter conhecimento e técnicas se você estiver em estado de agitação ou de ansiedade para prestar socorro a alguém. A calma é que permitirá entender melhor a situação e ver quais os melhores procedimentos naquel momento”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =