CTB lança Movimento “Saúde pela Democracia + SUS é + Brasil”, na quinta (21)

CTB lança Movimento “Saúde pela Democracia + SUS é + Brasil”, na quinta (21)

Com informações da CTB Bahia

Na próxima quinta-feira (21), a Bahia será palco do lançamento do Movimento “Saúde pela Democracia + SUS é + Brasil”, que terá a presença de lideranças nacionais da política e da saúde. A CTB e mais quatros importantes entidades se uniram nesta iniciativa: CONAM (Confederação Nacional de Associações de Moradores; UJS (União da Juventude Socialista); UNEGRO (União de Negros pela Igualdade) e; UBM (União Brasileira de Mulheres).

“O objetivo é criar uma frente ampla de forças políticas democráticas, unidas na luta comum em defesa do SUS. Esperamos contar com a presença dos nossos dirigentes sindicais. Será às 19 horas, no Sindicato dos Bancários, em Salvador”, pontua Dr. Deoclides Cardoso, médico e secretário de Previdência e Aposentados da CTB Bahia.

A atividade contará com a presença de Nésio Fernandes, ex-secretário de Atenção Primária do Ministério da Saúde; Ronald Ferreira dos Santos, coordenador-geral de Articulação da Secretaria Nacional de Participação Social e ex-presidente do Conselho Nacional de Saúde; além de parlamentares e membros da direção nacional do movimento.

O MOVIMENTO

O “Saúde pela Democracia + SUS é + Brasil” nasceu da necessidade de ampliar as discussões sobre investimentos no SUS e promover uma saúde acessível para todos, enquanto se fortalece o estado democrático de direito. Através do diálogo, educação e ação coletiva, o movimento busca combater as desigualdades sociais e assegurar a dignidade de todas as pessoas. “A CTB tem essa compreensão de que os problemas que atingem a saúde da classe trabalhadora é parte das questões envolvendo a saúde geral no País. Por isso, estamos juntos nessa luta”, diz a secretária de Saúde da CTB Bahia, Rubiraci Almeida “Cherry”.

Para conhecer o manifesto na íntegra, acesse o site do movimento AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro − dois =