Em Salvador, ministro conhece programa Juventude Produtiva

Um importante programa da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) será conhecido, nesta quinta (18), pelo ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho. A partir das 9h, no Grand Hotel Stella Maris, ele estará em Salvador com o governador Jerônimo Rodrigues e o titular da Setre, Davidson Magalhães, para o lançamento do programa Juventude Produtiva.

Marinho assinará Protocolo de Intenções para implantação do Novo SineBahia como projeto-piloto nacional e anunciará a Escola do Trabalhador 4.0. “O ministro aqui mostra o reconhecimento do governo Lula às políticas públicas do governo estadual, especialmente os programas desenvolvidos pela Setre. Essas novas ações estão em sintonia com o novo momento de reconstrução do Brasil, que passa pela valorização do trabalho”, afirma Davidson Magalhães.

O Juventude Produtiva objetiva criar oportunidades para autonomia econômica de jovens com idade entre 16 e 29 anos através de formações diversas. Com investimento de R$ 8.134.400 milhões, vai beneficiar 17.040 jovens baianos, através de 10 ações que atuam em duas frentes: inserção no mercado de trabalho e empreendedorismo.

A madrinha do programa é a empreendedora baiana Karine Oliveira, fundadora da Wakanda – Educação Empreendedora. Ela foi reconhecida pela revista Forbes, em 2021, como uma das pessoas mais influentes no mundo com menos 30 anos.

SINEBAHIA E ESCOLA 4.0

Luiz Marinho assinará o Protocolo de Intenções para implantação do Novo SineBahia, que será um projeto-piloto nacional com a oferta de novos serviços à população: a mediação de conflitos e homologação entre empregadores e trabalhadores. Com isso, será ampliado o portfólio de serviços prestados: emissão de documentação civil, orientação para acesso à Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS Digital), intermediação de mão-de-obra e qualificação profissional.

O Ministério do Trabalho e Emprego também disponibilizará, para difusão no âmbito da rede de atendimento ao trabalhador do Estado da Bahia, a Escola do Trabalhador 4.0, que faz parte do programa Caminho Digital e oferece cursos gratuitos em tecnologia e produtividade. O objetivo é o de preparar o trabalhador para o mercado de trabalho. Serão 500 mil vagas disponibilizadas para a Bahia na plataforma AQUI. Atualmente, são 24 disciplinas de tecnologia disponibilizadas. Informações sobre público-alvo e inscrições serão anunciadas durante o evento.

com informações da Setre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − um =