Sindicato e entidades lojistas debatem segurança no Centro

Preocupados com furtos e assaltos que têm acontecido no Centro de Salvador, representantes dos lojistas e dos comerciários se reuniram, no dia 25, para debater alternativas que reforcem a segurança na região.

“Nossa categoria está exposta, tanto pela manhã quanto no período da noite, quando tem que retornar para casa. É muita insegurança para se dirigir aos pontos de ônibus ou andando por passarelas. Queremos ampliar esse debate para outras áreas da cidade que tem comércio”, disse o presidente Sindicato dos Comerciários, Renato Ezequiel, que estava acompanhado do diretor Alfredo Santiago e das diretoras Angélica Romão e Sara Pereira.

A reunião teve a participação do presidente do Sindicato dos Lojistas da Bahia, Paulo Mota; presidente da CDL, Alberto Nunes; presidente da Associação dos Lojistas do Center Lapa, Silvio Rubianes; e do presidente da Associação dos Comerciantes do Centro e Baixa dos Sapateiros, Haroldo Nunes.

Os dirigentes decidiram como passo seguinte solicitar uma reunião com representantes do 18º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela área, e da Prefeitura, para ver ações mais efetivas da PM e da Guarda Municipal no Centro da capital baiana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 3 =