Acordo com a Federação garante reajuste acima da inflação

Na tarde desta segunda-feira (27), o Sindicato dos Comerciários assinou a Convenção Coletiva de Trabalho 2023 com a Fecomércio. Contempla todos os comerciários e comerciárias do comércio varejista e de serviços.

“Foi muito importante esse acordo com a Federação, pois asseguramos ganho real no reajuste e várias cláusulas sociais importantes para o conjunto dos trabalhadores no comércio de Salvador. Lembramos que para o setor lojista já havia sido assegurada a reposição da inflação e novos pisos [VEJA AQUI]. Seguimos negociando para assinar um aditivo”, destaca o presidente do Sindicato, Renato Ezequiel, que estava acompanhado dos diretores Reginaldo Oliveira e Alfredo Santiago.

REAJUSTE

O reajuste, a partir de 1º março, ficou em 6%. Isso garantiu um ganho real acima da inflação do período, que foi de 5,47%. Eventuais diferenças devem ser pagas até a folha de abril.

PISOS

A convenção assegura pisos salariais (a partir de 3 meses de serviço) nos valores de R$ 1.393,32 (office boy, serviços gerais, empacotador, etc) e de 1.510,37 (para demais funções).

ALIMENTAÇÃO

R$ 14,00 (para jornada acima de 6 horas diárias).

FERIADOS

Quem trabalhar nos feriados receberá R$ 53,00 (pago no mesmo dia), mais transporte e almoço gratuitos.

DOMINGOS

Quem trabalhar aos domingos tem direito às horas pagas em dobro, mais transporte.

PLANO DE ASSISTÊNCIA 

A convenção instituiu o Plano de Assistência e Cuidado Pessoal. As empresas pagarão R$ 29,00 por trabalhador, assegurando vários benefícios de saúde e odontológicos, entre outros.

TAXA ASSISTENCIAL

É importante que os trabalhadores não sindicalizados garantam a Taxa Assistencial. É com ela e as mensalidades de quem é associado que o Sindicato mantém a luta para reajustar salários e garantir direitos importantes na Convenção Coletiva. Além de oferecer vários convênios para a categoria.

O valor é de R$ 13,00, nos meses de abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2023, e janeiro e fevereiro de 2024. Em um ano, o total é bem menos do que o que você recebe de reajuste e demais cláusulas econômicas, como alimentação, triênio, pagamento dos domingos e feriados.

Mais informações, entrar em contato com o Sindicato: Fone: (71) 2137-3920/3898.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 1 =