Em negociação com grandes redes, Sindicato quer avanços sociais

Na segunda conversa sobre a campanha salarial com as grandes redes, o Sindicato dos Comerciários colocou questões para avançar em relação aos acordos anteriores.

Segundo o presidente da entidade, Renato Ezequiel, é essencial valorizar os comerciáraios e as comerciárias dessas empresas. “Além de um reajuste digno, consideramos importante considerar questões como vale-cultura, cesta básica e auxílio-creche, por exemplo”, pontuou.

A próxima reunião será dia 5 de abril. “Esperamos que as empresas considerem o que colocamos na mesa para que o acordo reflita em novas conquistas para nossa categoria”, afirma Ezequiel.

Participaram da negociação representantes da Centauro, C&A, Decathlon, Fast Shop, Le Biscuit, Lojas Líder, Magalu, Marisa, Pernambucanas, Petz, Renner, Riachuelo, Casas Bahia (Via Varejo) e Tok&Stok.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + sete =