Shoppings faturam 20,5% a mais e projetam mais 14,6% neste ano

O comércio brasileiro mostrou sua força em 2022, especialmente o setor de shoppings. Segundo o Censo Brasileiro de Shopping Centers 2022-2023, elaborado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), o setor registrou no ano passado o faturamento anual de R$ 191,8 bilhões, alta de 20,5% em relação a 2021.

Mostra a recuperação do setor ao longo do ano passado. Para o presidente da Abrasce, Glauco Humai, o resultado é um grande indicativo de como o setor foi resiliente e se superou após a crise provocada pela Covid-19. “Para 2023, a projeção inicial é de um aumento de 14,6% nas vendas, que podem culminar em um recorde de faturamento do setor com previsão de R$ 219,8 bilhões.

Na variação regional, o faturamento na região Sudeste cresceu 22% no ano passado (sobre 2021), superando a média nacional. Também tivemos uma forte elevação nas Regiões Nordeste (+19,9%), Centro-Oeste (18,8%), Sul (16,9%) e Norte (13,8%).

NOVOS ESTABELECIMENTOS E LOJAS

Também no passado, foram inaugurados oito shopping centers, contra cinco registrados em 2021. Com isso, o número de empreendimentos em operação foi de 628 shoppings, contra 620 no intervalo anterior. Para este ano, a previsão é de 15 novas inaugurações: 8 no Sudeste; 3 no Nordeste; 2 no Sul; 1 no Norte e 1 no Centro-Oeste.

O número de lojas chegou a 115 mil, um acréscimo de 2,7% comparado com 2021 (112 mil lojas). O número médio de visitantes ao mês foi de 443 milhões, elevação de 11,6% sobre 2021, quando a média mensal foi de 397 milhões de pessoas.

com informações do Bahia de Valor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezesseis =